O projeto Casa das Palavras – Luz, Cultura, Movimento - percorre os municípios das diferentes regiões do Rio Grande do Norte instalando pequenas bibliotecas e promovendo uma série de atividades culturais, cujo objetivo é o de disseminar a importância dos livros e da leitura para a conquista da cidadania. 

A ideia é que em 2017/2018 o projeto dê continuidade de forma intensiva com a sua programação, distribuindo ao longo da sua execução mais 25 minibibliotecas para compartilhamento de livros. Reunir escritores e artistas das diversas áreas em torno de palestras, bate-papos e encontros sobre literatura também é objetivo da Casa das Palavras.
 
Cada minibiblioteca conta com um acervo inicial de 40 livros de escritores potiguares, nos mais diversos gêneros literários (poesia, contos, romance, cordel, quadrinhos e crônicas). Para etapa inicial de doação e instalação dessas minibibliotecas, os leitores são instigados a retirar os livros para a leitura, mas a proposta é que esse mesmo leitor possa devolver o livro para que a leitura seja multiplicada, atendendo a tantas pessoas que se sintam curiosas e tenham a oportunidade de ter um livro em suas mãos.
 
Com a leitura responsável e solidária, uma “ciranda” acontecerá para que as pessoas peguem os livros para ler, leiam, devolvam e também façam doações de novos, ampliando e diversificando o acervo de cada minibiblioteca. 
 
Essa iniciativa promove a reflexão em torno da leitura e da amplitude que ela pode tomar, além de discutir e valorizar os autores do RN. A instalação de cada biblioteca acontece em momentos especiais, com a promoção e encontros entre os escritores potiguares com estudantes, leitores e sociedade civil. Os autores, cujos livros tenham sido adquiridos pelo projeto, são convidados a visitar as cidades e escolas públicas e privadas. O intercâmbio de ideias educativas e experiências acabam fortalecendo alunos, professores e escritores que se integram ao projeto e dinamizam a formação cultural nas cidades.