Postagens

Uma casa para semear palavras

A Casa das Palavras chega à marca de 30 minibibliotecas no RN

21 DEZ 2016

    O Projeto Casa das Palavras chega à marca de 30 minibibliotecas instaladas em todo o estado. Ao todo, 16 municípios já foram contemplados com a casinha de troca de livros, e a cidade de Natal conta com 10 delas. As últimas casinhas “plantadas” foram nas cidades de Timbaúba dos Batistas, Parelhas e Caicó. E, em Natal, foram instaladas na avenida Campos Sales esquina com a rua Otávio Lamartine, na escadaria de Areia Preta/Mãe Luiza, na praça da Igreja de Santos Reis, e no calçadão da avenida engenheiro Roberto Freire.
    Iniciado em 2014, o Projeto Casa das Palavras tem como objetivo estimular a leitura e a cultura por meio da troca de livros no esquema "Deixe um livro, pegue um livro", de forma gratuita e colaborativa. Nos locais contemplados, o Projeto se estende ainda a uma programação lúdica voltada para a cultura potiguar, com oficinas de coral, xilogravura, cordel, contação de histórias, mamulengo, teatro, além de encontros e palestras com autores, lançamento de livros e apresentações artísticas.
    "A nossa proposta é integrar as pessoas e as várias manifestações culturais", define Rilder Medeiros, idealizador do projeto. Ainda segundo ele, a Casa das Palavras tem como inspiração a praticidade e, com isso, busca criar uma nova referência para aqueles que nunca visitaram uma biblioteca ao mesmo tempo em que estimula quem já gosta de ler. "A ideia das casinhas é baseada na simplicidade e 'leveza' da leitura em qualquer lugar, da democratização da leitura, e também na solidariedade por meio do compartilhamento dos acervos", explica.
    Rilder também comenta sobre a receptividade do projeto por onde é instalada e mantida as casinhas. "Sempre nos deparamos com depoimentos e vivências muito sinceras pelo gosto pela leitura e cultura. Há um senso comum de que as pessoas não leem, mas também somos surpreendidos com pessoas que criam e cultivam uma verdadeira paixão pela leitura. Ficamos muito contentes de estimular isso por onde o projeto vai", ressalta. 
    Além de contar com a colaboração dos leitores, o Projeto Casa das Palavras também prevê a renovação constante dos acervos das casinhas com a compra de livros dos escritores e editoras locais. "Um dos efeitos imediatos é a movimentação do segmento de livros das pequenas editoras ao mesmo tempo em que contribui para a divulgação da produção dos autores locais", avalia Rilder. 
    A Casa das Palavras já contemplou cidades em todas as regiões do RN, e também atingiu comunidades rurais. A cidade de Caicó conta com três minibibliotecas, e Mossoró, Parnamirim e Angicos já são duas em cada uma delas. Outras cidades agraciadas, são, no Seridó: Timbaúba dos Batistas, Parelhas, Currais Novos, Jardim de Piranhas; no Oeste: Pau dos Ferros, Rafael Fernandes e Assú; na zona agreste: São Paulo do Potengi. No Leste, Ceará-Mirim, Macaíba e Nísia Floresta.        
    A Casa das Palavras recebe o patrocínio da Cosern, da Oi e do Governo do RN através da Lei Câmara Cascudo, e apoio cultural da Oi Futuro. Em Natal, o projeto tem o patrocínio da Unimed Natal, Arena das Dunas e prefeitura do Natal, através da Lei Djalma Maranhão.
Publicado em: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/uma-casa-para-semear-palavras/366965
Fonte: Tribuna do Norte
voltar